Nenhum resultado foi encontrado.
Confira os termos da sua busca e tente novamente.


Abaixo, alguns dos itens mais buscados:

Ops! Parece que algo saiu errado.
Ocorreu um erro ao fazer a busca.
Por favor, tente novamente em alguns instantes.
Mais buscados

Integrante da Osesp desde: 14 de março de 2002. Obra favorita: adora toda a obra de J. S. Bach, W. A. Mozart, Gustav Mahler e Dmitri Shostakovich.

Natural de Tatuí, o flautista Sávio Araújo iniciou seus estudos musicais aos seis anos de idade no Conservatório Dramático e Musical Dr. Carlos de Campos de Tatuí, onde recebeu orientação de João Dias Carrasqueira. Na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), diplomou-se bacharel em música na classe de Tadeu Coelho. Em seguida, com bolsista da CAPES, cursou o mestrado em artes no Queen’s College, da City University of New York (CUNY), onde foi orientador por Keith Underwood e defendeu a dissertação J. S. Bach and the Flute Sonatas: An Overview of the Authenticity and Chronology, and an Analysis of the E Minor Sonata, BWV 1034. Nos Estados Unidos, fez aulas ainda com Ranson Wilson e participou de masterclasses com ícones da flauta, como Alain Marion, Emmanuel Pahud, James Galway, Jeanne Baxtresser e Jean-Pierre Rampal.

Foi premiado no 4º Concurso Jovens Instrumentistas do Brasil, em Piracicaba, e no 1º Concurso Nacional de Música, em Campinas. Ganhou também o Concurso Jovens Solistas da Osesp e o Queens College Concerto Competition, promovido pelo grupo sinfônico junto ao qual também atuou como flautista. No Brasil, antes de ingressar na Osesp, foi membro da Orquestra Sinfônica do Conservatório de Tatuí e flautista principal Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas (OSMC), com a qual solou em algumas ocasiões. Também solou com a Camerata Antiqua de Curitiba. Atuou como camerista junto a quintetos de sopros e outros grupos de câmara. Em 2012, participou como artista convidado do Cartagena Festival de Música, na Colômbia.

Foi professor de flauta no Conservatório de Tatuí e na Academia de Música da Osesp. Esteve no Festival de Inverno de Campos do Jordão, em 1987, e no Festival Internacional de Música de Maringá (FIMMA), em 1997. Também foi coordenador pedagógico do 1º Festival Internacional de Flautistas, em São Paulo. Além das atividades regulares na Osesp, é também professor de flauta na Unicamp.

Entre os vários momentos marcantes com a Osesp, estão o concerto na Grande Sala da Filarmônica de Berlim, na turnê da Osesp pela Europa, em 2013, e o concerto no Avery Fisher Hall, no Lincoln Center, em Nova York, evento no qual o grupo foi ovacionado pela plateia. O concerto era o mais aguardado da primeira turnê da Osesp pelos Estados Unidos, em 2002, quando o grupo fez 20 apresentações em 18 cidades americanas.

Sávio gosta de diversificar suas atividades. Assim, além de mergulhador e fotógrafo submarino, é trader profissional especializado em operações em mercados futuros, ações e opções. Foi presidente da Associação dos Profissionais da Osesp de 2011 a 2012 e membro do Conselho de Administração da Fundação Osesp entre 2013 e 2017.

Outros músicos