Nenhum resultado foi encontrado.
Confira os termos da sua busca e tente novamente.


Abaixo, alguns dos itens mais buscados:

Ops! Parece que algo saiu errado.
Ocorreu um erro ao fazer a busca.
Por favor, tente novamente em alguns instantes.
Mais buscados
Fundo rosa com um degradê amarelo no centro, remetendo ao Sol. No lado esquerdo está escrito "Osesp Duas e Trinta".

Voltar

Osesp Duas e Trinta: Simone Menezes e Guido Sant'Anna

Compartilhar
corpo artístico
Simone Menezes
regente
Guido Sant'Anna
violino
Local: Sala São Paulo
Transmissão às 20h30:
Data: sex., 15 de novembro de 2024
Horário: 14:30
Duração: min.
Preço: R$ 39,60 a R$ 0,00
Adicionar ao calendário

Programa

LILI BOULANGER D’un Matin de Printemps [De uma manhã de primavera] LILI BOULANGER D’un Soir Triste [De uma noite triste] HEITOR VILLA-LOBOS Bachianas brasileiras nº 7 ÉDOUARD LALO Sinfonia espanhola, Op. 21

As irmãs Boulanger são personalidades incontornáveis da música do século XX. Nadia foi uma professora infl uente, além de regente e compositora. Mas estava certa de que sua irmã mais jovem era a melhor compositora da família. Lili foi uma criança prodígio e, aos 19 anos, foi a primeira mulher a ganhar o cobiçado Prix de Rome do Conservatório de Paris. Com um talento excepcional que tinha tudo para transformá-la numa das maiores compositoras do século XX, a vida de Lili foi interrompida aos 24 anos. Neste programa, portanto, teremos a ainda rara oportunidade de ouvir algumas de suas obras orquestrais.

Contemporâneo de Lili, Villa-Lobos estava profundamente envolvido com a cultura e a política brasileiras na década de 1930 e 1940. Próximo a Getúlio Vargas, ele desenvolvia um grande programa de educação musical por meio do canto orfeônico, ao mesmo tempo em que se dedicava ao conjunto das Bachianas brasileiras. A de nº 7, para grande orquestra, foi escrita em 1942 e dedicada ao então ministro da educação Gustavo Capanema.

De outra época era o compositor francês de ascendência espanhola Lalo, cuja obra mais conhecida é, sem dúvida, a_ Sinfonia espanhola_. Estrutura híbrida – mescla de sinfonia e concerto para violino – a peça traz, como o título revela, referências à música espanhola. O solista será o jovem virtuose Guido Sant’Anna, e o programa será regido pela maestra brasileira Simone Menezes, que tem feito destacada carreira no exterior e que pela primeira vez sobe ao pódio da Osesp.