PRÓXIMOS CONCERTOS
Gustav MAHLER
Sinfonia nº 9 em Ré Maior
Richard STRAUSS
Concerto nº 2 em Mi Bemol Maior Para Trompa e Orquestra
Niccolò PAGANINI
I Palpiti Para Violino e Orquestra [Variação Sobre Um Tema de Rossini]
Henri DUTILLEUX
Sonatina Para Flauta e Piano
Sergei KOUSSEVITZKY
Concerto Para Contrabaixo e Piano, Op.3
Antonio PASCULLI
Concerto Para Oboé Sobre Tema da Ópera “La Favorita” de Donizetti
Astrid SPITZNAGEL
Quarteto "Auf allen Vieren" para Contrabaixo Solo, Violino, Viola e Violoncelo
Victor EWALD
Quinteto nº 1 em Si Bemol Menor, Op.5
Henri TOMASI
Concerto Para Trombone e Orquestra
Johann STRAUSS
Concerto Para Oboé e Orquestra
Joseph HAYDN
Concerto Para Violoncelo e Orquestra nº 2 em Ré Maior, Op. 101
Ludwig van BEETHOVEN
Sonata nº 5 para Violino e Piano, Op. 24 - Primavera
Camille SAINT-SAËNS
Sonata para Fagote e Piano em Sol Maior, Op.168
Johannes BRAHMS
Trio Para Piano, Violino e Trompa, Op. 40
PRAÇA JÚLIO PRESTES, Nº 16
01218 020 | SÃO PAULO - SP
+55 11 3367 9500
Pianista Correpetidor

    

 FERNANDO TOMIMURA
 fernandotomimura@osesp.art.br

Pianista, bacharel em Música pela Universidade de São Paulo sob a orientação de Amilcar Zani. Fernando Tomimura (1975), um dos mais destacados pianistas de sua geração tem participado de importantes produções musicais como concertista, recitalista e camerista ao lado dos principais nomes do cenário musical brasileiro, com repertório que abrange desde o Barroco até a música do século XXI.

Desde 1995, forma com o flautista Rogério Wolf o Duo Wolf & Tomimura e tem desenvolvido trabalho de pesquisa do repertório para flauta e piano. Além de recitais no Brasil, já se apresentou na Alemanha, Finlândia, Rússia, Espanha, Portugal, França, Polônia, Hungria, Áustria, Suíça, Argentina e Chile.

É pianista da Fundação Osesp, professor da Universidade Livre de Música e da Escola Municipal de Música de São Paulo. Em junho de 1999 estreou como diretor musical na ópera A Solteirona e o Ladrão de Gian Carlo Menotti no SESC Ipiranga. Tomimura fez a estréia brasileira de obras como o Quinteto para Piano e Cordas de Béla Bartók com o Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo e 9 fragmentos de “hoje como ontem ao meio dia” de Silvio Ferraz entre outras. Como concertista, Fernando Tomimura já atuou à frente de orquestras nas principais salas de concerto do Estado. Fez diversas gravações de trilhas sonoras para filmes e em 2006 gravou, de Willy Corrêa de Oliveira, a série para piano Velhos Hinos cantados de Novo, no projeto Willy Corrêa de Oliveira - O Presente, sob patrocínio da Petrobras.