veja esse e-mail online Facebook Twitter Youtube Vimeo
Newsletter Junho 17ª Edição
EDIÇÃO Anterior | Confira a programação completa

JAVIER PERIANES INTERPRETA O CONCERTO PARA PIANO, DE RAVEL, COM A REGÊNCIA DE THOMAS DAUSGAARD | 18 e 19/06, 21H e 20/06, 16H30

Foto: Javier Perianes

O maestro dinamarquês Thomas Dausgaard comanda a Osesp durante duas semanas seguidas, apresentando um pequeno festival Nielsen – Strauss – Ravel. Serão dois programas com obras dos três compositores contemporâneos entre si: Carl Nielsen (ciclo Nielsen 150); Richard Strauss (ciclo Strauss Essencial); e do compositor francês Maurice Ravel. Entre os dias 18 e 20 de junho, o pianista espanhol Javier Perianes é o solista convidado.

O concerto abre com As Travessuras de Till Eulenspiegel, Op. 28, de Strauss, um poema sinfônico inspirado nas peripécias de um lendário herói do folclore germânico medieval.

Em seguida, Javier Perianes toca o Concerto para Piano em Sol Maior, de Ravel, obra que evoca a música espanhola e as blue notes do jazz, e uma das peças mais conhecidas do repertório do século XX.

Ao final, a Osesp executa a Sinfonia nº 4, Op. 29 – A Inextinguível, de Nielsen, obra-prima do repertório sinfônico moderno, ainda relativamente pouco conhecida por aqui.

O público pode acompanhar ainda o Ensaio Aberto da Osesp, na quinta, 18/06, às 10h, com ingressos a R$ 10,00.


18 JUN QUI 21H Carnaúba
19 JUN SEX 21H Paineira
20 JUN SÁB 16H30 Imbuia
THOMAS DAUSGAARD REGENTE
JAVIER PERIANES PIANO

RICHARD STRAUSS STRAUSS ESSENCIAL
As Travessuras de Till Eulenspiegel, Op.28
MAURICE RAVEL
Concerto Para Piano em Sol Maior

CARL NIELSEN NIELSEN 150
Sinfonia nº 4, Op.29 - A Inextinguível

VIRADA CULTURAL MUNICIPAL: THOMAS DAUSGAARD (REGENTE) E JAVIER PERIANES (PIANO) | 21/06, 11H | GRATUITO

Este concerto gratuito da Osesp faz parte da programação da Virada Cultural Municipal. Sob a batuta do regente dinamarquês Thomas Dausgaard, o solista convidado é o pianista espanhol Javier Perianes.

O programa dá continuidade ao festival Nielsen – Strauss – Ravel e começa com As travessuras de Till Eulenspiegel, Op. 28, do alemão Strauss.

Em seguida, Javier Perianes se junta à Orquestra para interpretar o Concerto para Piano em Sol Maior, de Ravel. E, para encerrar, a Osesp toca a Sinfonia nº 4, Op. 29 – A Inextinguível, de Nielsen.

Com entrada franca, os ingressos serão disponibilizados na bilheteria do 1º subsolo da Sala São Paulo a partir de 1 hora antes do início do concerto, limitados a dois por pessoa. Outras informações podem ser obtidas através do telefone 11 3223-3966.

VIRADA CULTURAL MUNICIPAL: ORQUESTRA DE CÂMARA DA OSESP - RICARDO BOLOGNA REGE PEÇAS DE BRITTEN, TAKEMITSU, SANTORO E DVORÁK, COM LIUBA KLEVTSOVA (HARPA) E CLÁUDIA NASCIMENTO (FLAUTA) | 21/06, 16H | GRATUITO

Foto: Quarteto Osesp

Ricardo Bologna - também timpanista da Osesp -, será o regente deste programa da Orquestra de Câmara da Osesp, que traz como solistas a flautista Claudia Nascimento e a harpista Liuba Klevtsova, também da Osesp.

Na primeira parte, o grupo interpreta a Sinfonia Simples, Op.4, de Benjamin Britten, uma suíte de danças barrocas escrita em linguagem neoclássica, seguida pela meditativa Toward The Sea II [Rumo ao Mar II], para flauta, harpa e orquestra de câmara, de Toru Takemitsu, Compositor Transversal da Temporada 2015.

Na segunda parte, a Orquestra toca o Mini Concerto Grosso, de Claudio Santoro, seguido pela Serenata em Mi Maior, Op.22, de Antonín Dvorák.

Com entrada franca, os ingressos serão disponibilizados na bilheteria do 1º subsolo da Sala São Paulo a partir de 1 hora antes do início do concerto, limitados a dois por pessoa. Outras informações podem ser obtidas através do telefone 11 3223-3966.


21 JUN DOM 16H Orquestra de Câmara da Osesp
RICARDO BOLOGNA REGENTE
LIUBA KLEVTSOVA HARPA
CLAUDIA NASCIMENTO FLAUTA EM SOL

BENJAMIN BRITTEN
Sinfonia Simples, Op.4
TORU TAKEMITSU COMPOSITOR TRANSVERSAL
Toward The Sea II

CLÁUDIO SANTORO
Mini Concerto Grosso
ANTONÍN DVORÁK
Serenata em Mi Maior, Op.22

MÚSICA NA CABEÇA: THOMAS DAUSGAARD FALA SOBRE A MÚSICA DE CARL NIELSEN | 25/06, 20H | GRATUITO

Foto: Arte Música na Cabeça

O próximo encontro da série Música na Cabeça acontece na quinta-feira, 25/06, às 20h e conta com a participação de Thomas Dausgaard, nomeado titular da Scottish BBC a partir da próxima temporada e regente honorário da Sinfônica Nacional Dinamarquesa e da Orquestra da Toscana. Dausgaard ministra palestra sobre a música do compositor dinamarquês Carl Nielsen, homenageado com um ciclo na Temporada 2015 por conta da celebração dos 150 anos de seu nascimento, em junho.

A participação é gratuita e aberta a todos os interessados, com vagas limitadas. As inscrições são disponibilizadas na página da Osesp com 15 dias de antecedência às palestras e encontros.
Inscreva-se!

THOMAS DAUSGAARD REGE SALOMÉ, DE STRAUSS, COM AS VOZES DE GUN-BRIT BARKMIN, DENISE DE FREITAS E STIG ANDERSEN | 25 e 26/06, 21H e 27/06, 16H30

Foto: Thomas Dausgaard

O regente dinamarquês Thomas Dausgaard continua à frente da Osesp durante esta semana e comanda mais um programa que dá sequência ao minifestival Nielsen – Strauss – Ravel e conta com a participação dos cantores Gun-Brit Barkmin (soprano), Denise de Freitas (mezzo soprano) e Stig Andersen (tenor), como solistas convidados.

O concerto inicia com a Abertura Helios, Op.17, de Nielsen (ciclo Nielsen 150), peça composta em Atenas, inspirada pela trajetória feita pelo sol até se pôr no Mar Egeu.

Na sequência, a Osesp toca as Valsas Nobres e Sentimentais, de Maurice Ravel, um conjunto de oito pequenas valsas, compostas originalmente para piano e, posteriormente, orquestradas pelo compositor francês.

A ópera Salomé, Op.54: Parte 2, de Richard Strauss (ciclo Strauss Essencial), encerra o programa. Chance rara de ouvir uma parte substancial de uma das mais importantes partituras operísticas do século passado.

O público poderá acompanhar, na quarta-feira, 24/06, às 14h, o Ensaio Aberto da Orquestra (R$ 10,00).

25 JUN QUI 21H Jacarandá
26 JUN SEX 21H Pequiá
27 JUN SÁB 16H30 Ipê
THOMAS DAUSGAARD REGENTE
STIG ANDERSEN TENOR
GUN-BRIT BARKMIN SOPRANO
DENISE DE FREITAS MEZZO SOPRANO

CARL NIELSEN NIELSEN 150
Abertura Helios, Op.17
MAURICE RAVEL
Valsas Nobres e Sentimentais

RICHARD STRAUSS STRAUSS ESSENCIAL
Salomé, Op.54: Parte 2

SOLISTAS DA OSESP: QUINTETO DE SOPROS INTERPRETA OBRAS DE NIELSEN, BLAUTH E CARRILHO | 25/06, 19H e 27/06, 14H45

Esse programa apresenta um repertório especial para quinteto de sopros, na interpretação de Claudia Nascimento (flauta), Arcádio Minczuk (oboé), Giuliano Rosas (clarinete), Alexandre Silvério (fagote) e Nikolay Genov (trompa), todos, músicos da Osesp.

O Quinteto de Sopros, Op. 43, de Carl Nielsen, abre o programa e dá continuidade ao ciclo Nielsen 150, que homenageia os 150 anos de nascimento do compositor dinamarquês. Em seguida, o grupo executa o Quinteto de Sopros, do compositor gaúcho Brenno Blauth. Por fim, o quinteto toca a Suíte Nazareth, obra encomendada pela Osesp ao compositor carioca Maurício Carrilho, que fez cinco arranjos de peças de Ernest Nazareth.

Na terça-feira, 30/06, às 19h30, o Quinteto de Sopros apresenta o mesmo programa no Grande Auditório do MASP, através da série Osesp MASP, cujo o tema será “Os caminhos da modernidade”  e a tela analisada, Cinco moças de Guaratinguetá, de Di Cavalcanti.

25 JUN QUI 19H Solistas da Osesp Noite
27 JUN SÁB 14h45 Solistas da Osesp Tarde
CLAUDIA NASCIMENTO FLAUTA
ARCÁDIO MINCZUK OBOÉ
GIULIANO ROSAS CLARINETE
ALEXANDRE SILVÉRIO FAGOTE
NIKOLAY GENOV TROMPA

CARL NIELSEN NIELSEN 150
Quinteto de Sopros, Op.43
BRENNO BLAUTH
Quinteto Para Sopros
MAURICIO CARRILHO
Suíte Nazareth [ENCOMENDA OSESP]

CARLOS ALBERTO FIGUEIREDO REGE O CORO DA OSESP | 28/06, 16H

Foto: Thomas Dausgaard

O maestro carioca Carlos Alberto Figueiredo é o regente convidado desse programa do Coro da Osesp, que apresenta um panorama da polifonia a oito vozes na música dos séculos XVII e XVIII.

O Coro inicia a apresentação com a peça Unsers Herzens Freude hat ein Ende [Teve Fim a Alegria de Nossos Corações], de Johann Christoph Bach, primo remoto de Johann Sebastian Bach, inspirada nos versículos 15 e 16 do capítulo 5 das Lamentações de Jeremias. 

Seguem-se a Primeira Lamentação de Quinta-Feira Santa, de autoria do padre português Diogo Dias Melgaz, também baseada nas Lamentações de Jeremias; e Gloria a 8, de Claudio Monteverdi, obra escrita no estilo concertato, que alterna seções para todas as vozes e grupos solistas.

Ao final, o Coro executa o Ofício Fúnebre a Oito Vozes, de José Maurício Nunes Garcia, uma das principais obras deste que foi o mais importante compositor do período colonial brasileiro, e que teve edição musicológica do próprio maestro Carlos Alberto Figueiredo.

28 JUN DOM 16H Coro da Osesp
CARLOS ALBERTO FIGUEIREDO REGENTE
CORO DA OSESP

JOHANN CHRISTOPH BACH
Unsers Herzens Freude hat ein Ende
DIOGO DIAS MELGAZ
Primeira Lamentação de Quinta-Feira Santa
CLAUDIO MONTEVERDI
Gloria a 8
JOSÉ MAURICIO NUNES GARCIA
Ofício Fúnebre a Oito Vozes

OSESP É BICAMPEÃ DO PRÊMIO DA MÚSICA BRASILEIRA

Pelo segundo ano consecutivo, o título da série "Sinfonias de Villa-Lobos” foi o vencedor do Prêmio da Música Brasileira!

O álbum que recebeu o prêmio na categoria Erudito foi Villa-Lobos: Sinfonia nº 10 - Ameríndia, com participação do Coro da Osesp e dos solistas Leonardo Neiva e Saulo Javan. Na edição passada, o vencedor foi Villa-Lobos: Sinfonias nº 6 e nº 7.

Em parceria com o maestro Isaac Karabtchevsky, desde 2012 a Osesp se dedica ao importante projeto de edição e revisão musicológica de todas as sinfonias de Villa-Lobos, incluindo ainda algumas obras orquestrais esquecidas. Após edição e revisão, as obras são gravadas, sob regência de Karabtchevsky, e lançadas no mercado nacional e internacional pelo selo Naxos / Movieplay do Brasil.

Já foram lançados 4 títulos da série, que contemplam metade da produção de sinfonias de um dos principais compositores na história da música sinfônica brasileira.

Escute um trecho do álbum vencedor deste ano



A programação está permanentemente sujeita a alterações.


Os concertos da Osesp contam com a realização do Governo do Estado de São Paulo, por intermédio da Secretaria de Estado da Cultura.

Para não receber mais Newsletters da Osesp.

Para saber mais sobre a OSESP.
Indique alguém para receber esta Newsletter.